Últimas Notícias

Guaíba fica abaixo do nível de alerta pela 1ª vez desde início de maio

Pela primeira vez desde o início de maio, o Guaíba ficou abaixo do nível de alerta nesta sexta-feira. Às 9h, o nível da água estava em 3,12 metros, quando o alerta é de 3,15 metros.

Desde segunda-feira, o lago está abaixo de 3,60 metros, que é a cota de inundação. No dia 6 de maio, chegou ao mais alto: 5,33 metros.

Até o momento, são registradas 172 mortes e 41 desaparecidos. Há mais de 30 mil pessoas em abrigos e meio milhão de desalojados. Falando em desalojados, o governador Eduardo Leite anunciou há pouco diversas medidas para a construção de casas, um programa voltado para a população de baixa renda. Serão mais de R$ 86 milhões em projetos habitacionais emergenciais e no curso normal do programa habitacional.

Nessa frente emergencial, serão 500 módulos de casas provisórias em Eldorado do Sul, região metropolitana de Porto Alegre e Vale do Taquari. São casas de 27 m², mobiliadas e que serão entregues rapidamente, como Eduardo Leite explicou.

Já na parte de construção de casas definitivas, dentro do programa “A Casa é Sua”, o imóvel será maior e vai depender também de análise de risco e de desapropriação de área, feito a partir de convênio com as prefeituras.

Também nesta sexta-feira, a Estação Rodoviária de Porto Alegre, que fica no Centro Histórico, voltou a funcionar com viagens intermunicipais. O acesso em frente à rodoviária para embarque e desembarque de ônibus, táxis e carros de aplicativos também já foi liberado. O funcionamento será das 6h às 21h. E a partir da próxima quinta-feira, dia 13, as viagens interestaduais com chegada ou partida de Porto Alegre voltam para essa estação. Elas que, desde o início da enchente, tiveram saída do terminal rodoviário do município de Osório, no Litoral Norte do estado. Mas atenção: o serviço de envio de encomendas pelo terminal rodoviário de Porto Alegre continua temporariamente suspenso e sem previsão de retorno.